Você pode denunciar crimes de PRECONCEITO RELIGIOSO no Rio de Janeiro

Você sofre agressão, perseguição, coação ou qualquer ameaça por motivo religioso?

Denuncie através do site http://www.policiacivil.rj.gov.br na aba "DENÚNCIA"

Não é preciso se identificar!

A Constituição da República Federativa do Brasil determina, em seu Art. 5º, inciso VI: "É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias"

Seja Cidadão, defendendo seus direitos! Denuncie crimes de preconceito religioso!

Você também é uma vítima da CORRUPÇÃO!
Lembre-se disso nas próximas eleições...

01 maio 2014

SOMOS TODOS PALHAÇOS!


Outro dia escrevi no comentário de uma postagem do facebook que existe um projeto de poder para transformar o Brasil numa " 'república condoreira pragmática' onde os grupos minoritários (eles ainda não se deram conta!) só interessam enquanto úteis ao projeto de poder (antigamente se chamava "massa de manobra") e onde liberdade de expressão e pensamento só têm validade se for a favor, nunca contra. Aliás, os contra não devem apenas ser calados, mas intimidados, quando não eliminados (metafórica ou literalmente), mesmo quando nascem em suas próprias hostes."
Hoje tenho o seguinte quod erat demonstrandum, através de uma matéria da Folha de São Paulo que abaixo transcrevo, com observações do Velhinho.

Por Marina Dias, na Folha:
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou ontem em Santo André (SP) as manifestações contra a Copa, que cresceram nos últimos meses, e disse que nem ele nem a presidente Dilma Rousseff têm medo de protestos.
“Vocês imaginam, nesta altura do campeonato, com 68 anos, dos quais 38 fazendo protesto, eu vou ter medo de protesto? A Dilma, com 20 anos a bichinha estava presa, foi torturada, tomou choque para tudo quanto é lado por protestar. Agora ela vai ter medo de protesto? Quem quiser protestar, que proteste”, disse o ex-presidente. Lula saiu em defesa dos gastos com a Copa: “Se eu ficar dizendo que não pode ter [Copa] porque tem criança na rua, porque não tem escola para todo mundo, nós não vamos fazer nada”, afirmou. Ele disse que é preciso compreender, sobre o evento, que “não se trata de dinheiro”, mas de um momento em que o Brasil “precisa mostrar a sua cara do jeito que é”.
Comentário do Velhinho: Este é o ex-presidente exercitando seu pragmatismo e dando uma banana para nós, os palhaços. Como muitos não concordam com o que ele e o partido dizem, bem, só podemos estar errados, não?
“O que nós temos que compreender é que uma Copa do Mundo não se trata de dinheiro, de quanto vai entrar. Vejo as pessoas tentando justificar [as críticas à realização do mundial], falando que vai entrar R$ 2 bilhões, R$ 3 bilhões, R$ 4 bilhões, mas não importa quanto vai entrar. A Copa do Mundo é um estado, é um momento de encontro de civilizações em que o Brasil tem que mostrar a sua cara do jeito que é”.

Comentário do Velhinho: Pois é. Nas justificativas para a realização da Copa no Brasil sempre se tratou de DINHEIRO, seja no que se investiria em INFRAESTRUTURA para o evento e que depois restaria para usufruto da população (aquele papo de obras de mobilidade urbana, lembram? Cadê?), seja no retorno financeiro que a Copa traria (esqueceram de dizer retorno financeiro PARA QUEM), seja ainda na criação de empregos formais (além da mão de obra empregada para se construir estádios - a mesma que poderia se utilizada realmente em infraestrutura, caso a dinheirama destinada para a Copa fosse revertida para, digamos, saneamento básico, criação de hospitais, creches, escolas, melhoria de rodovias, transportes, et coetera). Como assim, "não se trata de dinheiro", "não importa quanto vai entrar"? É o nosso dinheiro, advindo da tributação escorchante que padecemos! Mas esse é o espírito pragmático condoreiro que permeia o pensamento do ex-presidente e do SEU partido. Quem não concorda, simplesmente é desqualificado, por não PENSAR IGUAL!
Quanto à insinuação de que "o Brasil tem que mostrar a sua cara do jeito que é", bem...





2 comentários:

Anônimo disse...

Você é. Eu não.

Velhinho Rabugento disse...

Caro anônimo, por comentar uma postagem de mais de um ano atrás e argumentar com tamanha sagacidade, você, de fato, não é um palhaço. Provavelmente seja uma sumidade... diante do próprio umbigo... ;^)