Você pode denunciar crimes de PRECONCEITO RELIGIOSO no Rio de Janeiro

Você sofre agressão, perseguição, coação ou qualquer ameaça por motivo religioso?

Denuncie através do site http://www.policiacivil.rj.gov.br na aba "DENÚNCIA"

Não é preciso se identificar!

A Constituição da República Federativa do Brasil determina, em seu Art. 5º, inciso VI: "É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias"

Seja Cidadão, defendendo seus direitos! Denuncie crimes de preconceito religioso!

Você também é uma vítima da CORRUPÇÃO!
Lembre-se disso nas próximas eleições...

28 maio 2012

O Velhinho é CONTRA a descriminalização da maconha!


Por ser contra, por acreditar que usuário de maconha sustenta o trafico de drogas (e não apenas da maconha!), o Velhinho continua a postar as "pequenas" apreensões desse lixo feitas pelos órgãos policiais. Só para se ter uma idéia, EM TONELADAS, do poder "recreativo" e "medicinal" da maconha em nosso país.
Pode demorar alguns dias, talvez, poucas semanas, mas não falha. Quando o uso "recreativo e medicial" da maconha sensibiliza traficantes, eles nem pensam na grana dos usuários que sustenta o narcotráfico, não é mesmo?
Como as drogas de uso "recreativo e medicinal" não se resumem à maconha, a matéria abaixo demonstra a equação aritmética onde maconha, drogas ilegais, armas, traficantes e drogadictos (além dos apologistas da liberação da maconha) são elementos interdependentes e complementares.
O que é de pasmar, diz respeito à tal Comissão de Juristas que está montando sugestões para alteração do Código Penal; de acordo com a maioria desses preclaros operadores do Direito, deve-se descriminalizar o uso de drogas. Façam um plebiscito, valentes, para descobrir o que realmente pensa a população! Ah... falta coragem, não é?
28/05/2012
PF prende seis e apreende meia tonelada de maconha em SP
Seis pessoas foram presas com 508 kg de maconha em Santa Isabel (61 km de São Paulo) na manhã de sábado (26).
A PF (Polícia Federal), que investigava traficantes da zona leste de São Paulo, recebeu a informação de que uma grande carga de drogas deveria chegar à capital paulista. As investigações levaram os policiais a uma hípica em Santa Isabel, onde os tijolos de maconha foram encontrados, armazenados em um galpão e dentro de um caminhão.
Com a chegada da polícia, quatro suspeitos fugiram por uma mata vizinha à propriedade, mas foram presos pela PF. Outros dois fugiram de carro, mas foram detidos pela Polícia Militar, com o auxílio de um helicóptero Águia.
Além da droga, foram apreendidos um caminhão e uma Kombi.
Segundo a PF, o chefe da quadrilha, conhecido como Jorge Gatuno, já respondia pelo crime de tráfico de drogas. Os suspeitos devem responder por formação de quadrilha, associação para o tráfico e tráfico de drogas, com penas de até 15 anos de prisão.

22 maio 2012

Dia-a-dia... entra ano, sai ano... as promessas e a lesma lerda de sempre...

Você paga uma das maiores cargas tributárias do mundo para ter:
Educação pífia...
 Insegurança pública...

Políticos que se lixam para o seu voto...

20 maio 2012

Uma lei de importância basilar diante do avançado conhecimento da Língua Portuguesa na atualidade... (Figura de linguagem: Ironia)




Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos


Determina o emprego obrigatório da flexão de gênero para nomear profissão ou grau em diplomas. 

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: 

Art. 1o  As instituições de ensino públicas e privadas expedirão diplomas e certificados com a flexão de gênero correspondente ao sexo da pessoa diplomada, ao designar a profissão e o grau obtido. 
Art. 2o  As pessoas já diplomadas poderão requerer das instituições referidas no art. 1o a reemissão gratuita dos diplomas, com a devida correção, segundo regulamento do respectivo sistema de ensino. 
Art. 3o  Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. 
Brasília,  3  de  abril  de 2012; 191o da Independência e 124o da República. 
DILMA ROUSSEFF
Aloizio Mercadante
Eleonora Menicucci de Oliveira
Este texto não substitui o publicado no DOU de 4.4.2012


19 maio 2012

Drogadictos somos todos...

A cada eleição votamos em drogas de políticos que nos retribuem com drogas de serviços públicos mediante um assalto aos cofres públicos. Não é muito diferente daqueles que alimentam o narcotráfico, pois não?