Você pode denunciar crimes de PRECONCEITO RELIGIOSO no Rio de Janeiro

Você sofre agressão, perseguição, coação ou qualquer ameaça por motivo religioso?

Denuncie através do site http://www.policiacivil.rj.gov.br na aba "DENÚNCIA"

Não é preciso se identificar!

A Constituição da República Federativa do Brasil determina, em seu Art. 5º, inciso VI: "É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias"

Seja Cidadão, defendendo seus direitos! Denuncie crimes de preconceito religioso!

Você também é uma vítima da CORRUPÇÃO!
Lembre-se disso nas próximas eleições...

14 novembro 2012

Pagando o quinhão de cada um...


Na postagem anterior escrevi: "Como o objetivo era a perpetuação no poder de um determinado partido político, caso a tramoia viesse a se concretizar receberiam, mais cedo ou mais tarde, o seu quinhão". Pois então, mesmo a tramoia não se concretizando ainda, já se paga pelo esforço realizado. Sem contar que os estatutos do PT determinam que membros condenados na última instância da Justiça sejam expulsos. Lorota, estes condenados não serão expulsos...
14/11/2012 - 4:33
PT estuda ‘caixinha’ para pagar multas de réus
Josias de Souza

O PT cogita organizar uma ‘vaquinha’ para pagar as multas que o STF impôs aos três condenados da legenda no julgamento do mensalão. Coisa de R$ 1,46 milhão -R$ 676 mil para José Dirceu, R$ 468 mil para José Genoino e R$ 325 para Delúbio Soares.
A repórter Tatiana Farah informa que a idéia do partido é constituir um “fundo solidário” a partir de doações feitas por militantes e simpatizantes. O dinheiro fluiria à margem do caixa partidário, já que a lei não permite aos partidos pagar senão suas próprias multas.
“Se precisar fazer um fundo solidário, o PT vai fazer”, diz Marco Aurélio de Carvalho, coordenador jurídico da legenda. “Mas ainda é possível reverter as multas com os recursos legais que os réus impetrarão no STF”, ele acrescenta, com uma ponta de otimismo.
Membro do diretório nacional do PT, Paulo Frateschi puxa a fila. Deseja ser “o primeiro” a abrir o bolso. “Acredito que todos os dirigentes vão contribuir com o fundo solidário. É o único caminho para ajudar.”
A solidariedade do PT é compreensível. Condenados como pessoas físicas, Dirceu, Genoino e Delúbio compareceram ao escândalo como prepostos da pessoa jurídica. Uma mão lava a outra. O resto continua sujo. A mácula não é algo que o dinheiro possa apagar.

Nenhum comentário: