Você pode denunciar crimes de PRECONCEITO RELIGIOSO no Rio de Janeiro

Você sofre agressão, perseguição, coação ou qualquer ameaça por motivo religioso?

Denuncie através do site http://www.policiacivil.rj.gov.br na aba "DENÚNCIA"

Não é preciso se identificar!

A Constituição da República Federativa do Brasil determina, em seu Art. 5º, inciso VI: "É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias"

Seja Cidadão, defendendo seus direitos! Denuncie crimes de preconceito religioso!

Você também é uma vítima da CORRUPÇÃO!
Lembre-se disso nas próximas eleições...

19 julho 2011

O Velhinho é CONTRA a descriminalização da maconha!
Por ser contra, por acreditar que usuário de maconha sustenta o trafico de drogas (e não apenas da maconha!), o Velhinho continua a postar as "pequenas" apreensões desse lixo feitas pelos órgãos policiais. Só para se ter uma idéia, EM TONELADAS, do poder "recreativo" e "medicinal" da maconha em nosso país.
19/07/2011
Operação apreende meia tonelada de maconha em Porto Alegre
Polícia investigava tráfico entre estados desde março, diz delegado.
Droga estava em casa em construção; ninguém foi preso.
Uma operação do Departamento Estadual de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil gaúcha apreendeu na manhã desta terça-feira (18) mais de meia tonelada de maconha.
A droga estava escondida em uma casa na zona sul de Porto Alegre.
Segundo o delegado Mário Souza, o ação, batizada de "Operação Guarani", estava sendo planejada desde março, quando começou a investigação.
“Descobrimos uma quadrilha que age trazendo drogas para o estado através de mulas e por cargas, e passamos a monitorar os criminosos. Hoje, não foi possível prender ninguém, o depósito estava vazio, só foi localizada a droga”, afirma o delegado ao G1.
A droga estava escondida nos fundos de uma casa em construção. Segundo Souza, a quadrilha atua no tráfico entre estados, carregando maconha para Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso.

Nenhum comentário: