Você pode denunciar crimes de PRECONCEITO RELIGIOSO no Rio de Janeiro

Você sofre agressão, perseguição, coação ou qualquer ameaça por motivo religioso?

Denuncie através do site http://www.policiacivil.rj.gov.br na aba "DENÚNCIA"

Não é preciso se identificar!

A Constituição da República Federativa do Brasil determina, em seu Art. 5º, inciso VI: "É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias"

Seja Cidadão, defendendo seus direitos! Denuncie crimes de preconceito religioso!

Você também é uma vítima da CORRUPÇÃO!
Lembre-se disso nas próximas eleições...

20 junho 2011

Falta a marcha pelo que importa...
Entretanto, o que esperar dessa geração idiotizada por drogas, inclusive as ideológicas?
Em um país onde o sigilo atende primeiro as necessidades de quem está no poder, ao invés dos interesses da Nação e seu povo, existe realmente democracia?
Até que ponto os representantes do povo, eleitos tanto para o Executivo, como para o Legislativo, incorporam e transmitem os anseios de seus eleitores?
O cidadão, eleitor e contribuinte ainda é tratado como refém do Estado, e por extensão, refém do Executivo que se transformou numa máquina de Medidas Provisórias, a maioria delas sem apresentar, concomitantemente, os quesitos de urgência e relevância; assim como do Legislativo, que se prostitui por cargos e outras benesses partidárias para aprovar tais M.Ps., deixando de legislar o que é importante.
Ai do cidadão comum que paga seus tributos, contas e tenta manter um rendimento em caderneta de poupança. Para ter seu sigilo bancário e fiscal quebrado, bastam dois palitos.
Já os pais e mães da pátria, essas pessoas "ilibadas, idôneas, com biografia ímpar", PESSOAS PÚBLICAS, não podem e não querem a transparência que a democracia exige.
Assim, seguem as marchas da maconha, das vadias, dos skatistas, do orgulho gay, dos verdes, dos anões e dos duendes. As marchas passam, os cães ladram, e o deserto da ignorância se amplia dia-a-dia...

Nenhum comentário: