Você pode denunciar crimes de PRECONCEITO RELIGIOSO no Rio de Janeiro

Você sofre agressão, perseguição, coação ou qualquer ameaça por motivo religioso?

Denuncie através do site http://www.policiacivil.rj.gov.br na aba "DENÚNCIA"

Não é preciso se identificar!

A Constituição da República Federativa do Brasil determina, em seu Art. 5º, inciso VI: "É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias"

Seja Cidadão, defendendo seus direitos! Denuncie crimes de preconceito religioso!

Você também é uma vítima da CORRUPÇÃO!
Lembre-se disso nas próximas eleições...

26 novembro 2009

Cada qual defende a bomba quiser. Só que ninguém merece bombas!
Paradoxo: Ou o Governo do Estado de São Paulo se preocupa com a saúde de TODOS, ou realmente os presos tutelados pelo Estado, como cidadãos, não fazem parte do TODO e ainda tem mais direitos que o Cidadão, Eleitor e Contribuinte.

24 novembro 2009

Um texto de Lya Luft: reflexão para mulheres, talvez especialmente para os homens, sobre respeito.
Remete à responsabilidade no cotidiano, em especial no ambiente familiar e no escolar.
Clique na imagem e use o recurso de zoom do seu navegador para ampliar.

19 novembro 2009

18 novembro 2009

13 novembro 2009

Como diria o Chacrinha: "Nada se cria, tudo se copia"... Incompetência TAMBÉM!

09 novembro 2009

Mudando o tom para assuntos também importantes...
O Velhinho vai deixar de lado as mazelas do desgoverno (federal, estadual e municipal), o calote dos precatórios, o totalitarismo bolivariano que grasse na América Latina, a inconcebível truculência de alunos (???) da Uniban que humilharam uma colega por causa, ora vejam, do comprimento da saia ou vestido que usava, o esdrúxulo desfecho com a expulsão da vítima pela Uniban (que assim declara seu apoio à violência de parcela de seus alunos), o tráfico de drogas nacional e internacional, a crise de Honduras, o estado paralelo dos narcotraficantes dos morros do Rio de Janeiro e outros tantos paradoxismos da ignorância humana.
Por conta de algumas experiências recentes, o Velhinho postará sobre a efemeridade do ser humano diante do Universo cotejando o sublime através de obras de arte da natureza e do artista humano.
Para tanto, o Velhinho elegeu como referência o artista Henrique de Aragão, a cidade de Ibiporã-PR e fotos do telescópio Hubble.O que existe em comum? É que Henrique de Aragão tem uma história de vida desenvolvendo a arte e a cultura, através de inúmeros meios, na cidade de Ibiporã; sua mais recente iniciativa foi promover naquela cidade, no Colégio Estadual Olavo Bilac, uma exposição de painéis fotográficos com imagens registradas pelo Hubble, cedidas pelo astrônomo Augusto Damineli.
Abaixo estarão intercaladas imagens dessa exposição e de obras de Henrique de Aragão.
Aproveitem a oportunidade para uma reflexão de como somos pequenos perante o Universo e de como podemos ser grandiosos na percepção de que fazemos parte desse mesmo Universo. Somos UM com o todo.
Em tempo: O Velhinho deve prestar agradecimentos à Fã N°1 por compartilhar (e ensinar!) sobre o universo das Artes, abrindo as portas do encantamento; a Henrique de Aragão, pelo acolhimento, não em sua morada, mas na morada de seu coração; e a Augusto Damineli e Patrícia, pela aceitação deste irmão de jornada.
Muito obrigado!
"Somos irmãos de ninho " (Um estranho numa terra estranha, Robert A. Heinlein)

04 novembro 2009

Dois mandatos, o trabalhador paga a conta e o dinheiro VAI PRO RALO!

02 novembro 2009