Você pode denunciar crimes de PRECONCEITO RELIGIOSO no Rio de Janeiro

Você sofre agressão, perseguição, coação ou qualquer ameaça por motivo religioso?

Denuncie através do site http://www.policiacivil.rj.gov.br na aba "DENÚNCIA"

Não é preciso se identificar!

A Constituição da República Federativa do Brasil determina, em seu Art. 5º, inciso VI: "É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias"

Seja Cidadão, defendendo seus direitos! Denuncie crimes de preconceito religioso!

Você também é uma vítima da CORRUPÇÃO!
Lembre-se disso nas próximas eleições...

08 julho 2009

Fala o "coroné" bolivariano..
Mediação para quê, não é mesmo?
Com esse espírito intransigente, não dá para acreditar que mesmo prometendo de pés juntos que respeitará a Constituição, caso receba anistia e volte para Honduras.
Essa estória ainda vai feder muito, ainda mais com o lance dos 10 milhões de dólares desviados para o plebiscito inconstitucional.
A informação vem do Último Segundo:
Zelaya diz que Micheletti pagará por 'traição' em Honduras
08/07 - 18:03 - AFP
O líder deposto de Honduras, Manuel Zelaya, chamou o presidente interino, Roberto Micheletti, de "gorila" e prometeu que ele pagará por sua "traição", em declarações a TV estatal chilena.
"São crimes que não prescrevem e responderá por eles (...). A história não vai perdoá-lo", afirmou Zelaya em entrevista à Televisión Nacional de Chile.
Micheletti "é um gorila" que cometeu "assassinatos, violações dos direitos humanos e, especialmente, traição", denunciou Zelaya.
Apesar da dura posição, Zelaya confirmou que irá à reunião desta quinta-feira, na Costa Rica, patrocinada pelo presidente Oscar Arias para resolver a crise hondurenha, e que terá a presença de Micheletti.
"Nos reuniremos com o mediador (Arias), que é alguém por quem temos um enorme respeito (...) mas não vamos negociar" com os que assumiram o poder em Honduras", assinalou.

Nenhum comentário: