Você pode denunciar crimes de PRECONCEITO RELIGIOSO no Rio de Janeiro

Você sofre agressão, perseguição, coação ou qualquer ameaça por motivo religioso?

Denuncie através do site http://www.policiacivil.rj.gov.br na aba "DENÚNCIA"

Não é preciso se identificar!

A Constituição da República Federativa do Brasil determina, em seu Art. 5º, inciso VI: "É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias"

Seja Cidadão, defendendo seus direitos! Denuncie crimes de preconceito religioso!

Você também é uma vítima da CORRUPÇÃO!
Lembre-se disso nas próximas eleições...

10 janeiro 2008

Novamente, a farsa das FARC e o palhaço do Chávez...
Cá entre nós, que ninguém nos ouça...
Se as FARC tivessem alguma idéia humanitária, NÃO TERIAM SEQÜESTRADO E FEITO REFÉNS (sem falar nos assassinatos que já cometeram!).
Se as FARC tivessem a mínima compreensão de "atitude humanitária", não usaria os reféns que pretende libertar como moeda de troca política.
E se Chávez tivesse bom senso e o equilíbrio que um governante deveria ter, nunca seria... o Chávez!
Será que o defensor brasileiro do Foro de São Paulo, francamente favorável às FARC, vai estar presente nessa "operação de resgate"?
Palhaçada!
Para libertar com segurança esses reféns - e por que não?, também todos os mais de 700 reféns que mantém em cativeiro, bastaria abandoná-los e passar as coordenadas direto para a Cruz Vermelha, uma vez que se recusam a reconhecer o governo de Uribe. Mas refém é moeda de troca. É a farsa das FARC, de Chávez e de TODOS que os apóiam!
A matéria é do Estadão online:
Chávez diz ter coordenadas para resgate de reféns das Farc
De acordo com a Cruz Vermelha, missão requisitada por líder venezuelano já teria sido autorizada por Bogotá
O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta quarta-feira, 9, ter recebido as coordenadas para a entrega de dois importantes reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).
De acordo com fontes da Cruz Vermelha ouvidas pela Reuters, a missão requisitada pelo líder venezuelano já teria sido autorizada por Bogotá.
"Vamos participar desta missão anunciada pelo presidente Chávez e aprovada pelo governo da Colômbia", disse um porta-voz da Cruz Vermelha.
"Tomara que amanhã (quinta-feira), na primeira hora, os helicópteros venezuelanos saiam de algum ponto do território nacional para Guaviare para buscar essas duas compatriotas colombianas", disse Chávez, que já passou por uma primeira operação de resgate frustrada no final de dezembro.
Segundo Chávez, as reféns seriam as mesmas da missão anterior: a ex-congressista Consuelo González e Clara Rojas, assessora de campanha da ex-candidata à Presidência da Colômbia Ingrid Betancourt, seqüestradas em 2002.
No final do ano passado, as Farc prometeram entregar as reféns a Chávez, junto com o pequeno Emmanuel, filho de Clara nascido em cativeiro, mas a Colômbia descobriu que a criança não estava mais em poder da guerrilha.
A operação de entrega dos reféns acabou fracassando, e tanto as Farc como Chávez saíram com sua credibilidade abalada. O episódio serviu para manchar ainda mais a relação entre os dois países sul-americanos.

Nenhum comentário: