Você pode denunciar crimes de PRECONCEITO RELIGIOSO no Rio de Janeiro

Você sofre agressão, perseguição, coação ou qualquer ameaça por motivo religioso?

Denuncie através do site http://www.policiacivil.rj.gov.br na aba "DENÚNCIA"

Não é preciso se identificar!

A Constituição da República Federativa do Brasil determina, em seu Art. 5º, inciso VI: "É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias"

Seja Cidadão, defendendo seus direitos! Denuncie crimes de preconceito religioso!

Você também é uma vítima da CORRUPÇÃO!
Lembre-se disso nas próximas eleições...

15 dezembro 2007

O lárilarái do presidente Lula
O Velhinho extrai algumas falas do presidente Lula, citadas numa reportagem do O Globo online.
"Quem votou contra a CPMF, não usa o SUS, porque se usasse não votaria contra".
Comentário do Velhinho: Possivelmente a referência é para os 6 senadores da base aliada que votaram contra a pretensão do Governo e não contra os senadores da Oposição. Espera-se que uma Oposição, ora vejam!, se oponha à Situação. Ou não? O Governo Lula e sua base aliada tinham a quantidade de senadores (53) suficientes para aprovar a CPMF. precisavam de 49 votos. Se não os conseguiram na base aliada, por que contavam com votos da Oposição???

"Não pensem que vai haver alguma medida do governo de irresponsabilidade. Nós vamos manter o superávit primário, vamos continuar a política fiscal séria".
Comentário do Velhinho: Quem fala é a metamorfose ambulante. Não se pode esquecer isso.

"Eles não só me prejudicaram, mas prejudicaram o próximo presidente da República, pois em 2010 eu não serei mais candidato. Não pensem que vai haver alguma mudança. Mas alguém vai ter que responder porque a saúde deixará de ter mais R$ 24 bilhões no ano que vem e mais R$ 80 bilhões a partir de 2010"
Comentário do Velhinho: Realmente. Nem precisaria dizer que não será candidato em 2010, pois a Constituição não permite. Porém, o "não canditato" continua no palanque como se fosse candidato. Algo estranho? Não. O presidente Lula nunca saiu do palaques e do exercício das promessas de palanque desde que assumiu seu primeiro mandato. Quanto a verba da Saúde, se vai ter ou não mais R$ 24 bilhões em 2008 isso depende do orçamento que o Governo encaminhou para aporvação do Senado. Se a Presidência da República quiser, a Saúde terá sim essa verba. Basta fazer os ajustes necessários com a arrecadação disponível. Economia que qualquer dona-de-casa sabe fazer. Quanto ao orçamento de um novo Governo em 2010, isso não deve preocupar Lula. Ele não será presidente em 2010, não é verdade?

"Se a gente quiser melhorar as agências e dar mais condição de trabalho, tem que contratar mais gente, se quiser melhorar o atendimento médico, tem que contratar mais gente, se quiser dar atendimento no balcão, tem que contratar mais gente. Como é possível melhorar as coisas se não contrata mais?"
Comentário do Velhinho: Nada contra, senhor presidente. Desde que não se use a velha fórmular de "vamos gastar e para isso criamos mais tributos". Tem de haver limite de tributação e criatividade para reduzir despesas superflúas. Concursos são sempre bem vindos, em especial se acabarem com os "cargos de confiança". Eis aí uma forma de se contratar mais gente. O senhor presidente pensou nela?

O Velhinho não poderia deixar de comentar a estupenda frase do ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage:
"Eu acrescento que o fim da CPMF está sendo festejado também pelos corruptos que praticaram desvios e realizaram movimentações financeiras inexplicáveis que a CPMF nos ajudava a identificar".
Comentário do Velhinho: Qual será a competência desse senhor para o Ministério que ocupa? Será que o senhor ministro ignora que a Receita Federal tem os intrumentos legais para exercer controle sobre movimentações bancárias e financeiras, independente da CPMF? Creio que não, pois caso soubesse não falaria o que falou, dando a entender que a Receita Federal - que mês a mês bate recorde de arrecadação - é, na realidade, incapaz e ineficiente. Faltou bom senso ao ministro.

Nenhum comentário: