Você pode denunciar crimes de PRECONCEITO RELIGIOSO no Rio de Janeiro

Você sofre agressão, perseguição, coação ou qualquer ameaça por motivo religioso?

Denuncie através do site http://www.policiacivil.rj.gov.br na aba "DENÚNCIA"

Não é preciso se identificar!

A Constituição da República Federativa do Brasil determina, em seu Art. 5º, inciso VI: "É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias"

Seja Cidadão, defendendo seus direitos! Denuncie crimes de preconceito religioso!

Você também é uma vítima da CORRUPÇÃO!
Lembre-se disso nas próximas eleições...

12 agosto 2007

Se não quiser jogar como eu jogo, levo a bola embora...
É dessa forma que o senhor presidente da República e os representantes do PT (mais a militância enganada, digo engajada) se apresentam.
Até parece que ninguém pode discordar de algo ou de alguém, a não ser eles; ou, que somente eles tem razão e detém a "verdade absoluta"; ou, que se trata apenas de amigos (os que concordam) e inimigos (todo o resto).
Conclusão: quem não acredita na democracia e tem pretensão de golpismo não é bem a "zelite" ou os descontentes, é quem os acusa...

O Globo - 12/08/07 - Página 12
O que o petista dizia na oposição
NA ERA SARNEY
Se não formos para a rua, a direita é que vai. (...) A continuar como está, e se o governo prosseguir cometendo erros, o que vai sobrar para o Sarney é ser maquinista da Ferrovia Norte-Sul que ele está tentando construir. É preciso tirar, em primeiro lugar, o presidente Sarney, porque ele está fazendo papel de rainha da Inglaterra” (em outubro de 1987, convocando o PT para ir às ruas e derrubar Sarney e Ulysses).
[Comentário do Velhinho: E hoje, para o presidente Lula, Sarney ali do lado aboletado é o que? Inocente útil ou guarda das jóias da Coroa?]
"A classe trabalhadora está cansada de ser manipulada e não vai mais aceitar essa pouca vergonha. (O governo Sarney) é mentiroso e não tem legitimidade" (Julho de 1985, referindo-se a Sarney como "presidentezinho", criticando o então presidente por declarações contra a participação do PT num confronto com a Polícia Militar)
[Comentário do Velhinho: Opa! O movimento "Cansei" não é novidade. E a que classe de trabalhadores pertencia o Lula de então? A classe de trabalhadores na política? Por que metalúrgico deixou de ser anos atrás...]
NA ERA COLLOR
"O Congresso Nacional é uma instituição válida, mas precisa ser renovado por gente comprometida com a classe trabalhadora. Eu acho que lá a maioria é picareta” (abril de 1990, explicando sua decisão de não concorrer à reeleição como deputado federal)
[Comentário do Velhinho: O Congresso Nacional podia até ter picaretas e ainda os ter, mas como Instituição deve ser renovado com representantes do povo em geral e não de uma classe A, B ou C. Falando nisso, como anda o Congresso atualmente com relação a escândalos de seus membros? E o Executivo? e o Judiciário?]
NA ERA ITAMAR
"O Itamar é um filho da puta. Todo mundo sabe que o ministro da Fazenda, Eliseu Resende, é um canalha que tem compromissos com empreiteiras.
Ele (Itamar) recebeu o mandato de presente, não precisou fazer acordos com ninguém". (em maio de 93, comentando o suposto favorecimento de Eliseu à empreiteira Norberto Odebrecht)
"Se ele (Itamar) tocar no assunto (o palavrão), vou explicar que não houve a menor intenção de ofendê-lo, embora ele tenha todo o direito de ter-se ofendido, vendo a coisa como foi mostrada".
(em maio de 1993, explicando que fez as declarações sobre Itamar em conversa informal com jornalistas, durante a Caravana da Cidadania)
"De todos os deputados do Congresso Nacional, há pelo menos 300 picaretas. E eles foram eleitos, não caíram lá de pára-quedas. São políticos que põem seus interesses acima de suas obrigações com a comunidade" (em setembro de 1993, então pré-candidato do PT à Presidência da República)
[Comentário do Velhinho: Imaginem se além da vaia no Maracanã se segui-se um coro que normalmente juízes de futebol escutam: "filho da puta. filho da puta. filho da puta". Alguém teria um ataque apoplético. Falar dos outros e vaiar outros é fácil, receber o golpe, nem tanto, não é?]
NA ERA FHC
"Este plano me cheira a estelionato eleitoral. Funcionará a curto prazo e, depois, seja o que Deus quiser. Ele apenas vai congelar o estado de pobreza e essa foi a grande sacada de Fernando Henrique (em junho de 94, durante a campanha presidencial, criticando o Plano Real)
"É inacreditável a semelhança de comportamento entre o Fernando dois e o Fernando um.
É o mesmo discurso, são as mesmas alianças, as mesmas pesoas no palanque." (agosto de 1994, campanha presidencial)
"Se FH tiver medo de uma CPI estará passando para a sociedade a idéia de uma certa conivência". (em março de 1996, falando sobre a CPI dos Precatórios)
"Quando precisou comprar votos para aprovar a reeleição, o presidente comprou. Mas quando foi para aprovar reformas que pudessem significar alguma coisa para o social, ele não quis." (setembro de 1998)
"Temos que criar a medalha Joaquim Silvério dos Reis e entregá-la para o presidente, que é o grande traidor da independência do país. Se quisermos salvar o país, cada um de nós deve se transformar num Tiradentes". (em abril de 1999)
[Comentário do Velhinho: E por discordar de FHC, o presidente Lula manteve a sua linha na economia, aumentou a carga tributária, quer manter a CPMF até 2010 (que piada!), não emitiu uma PEC, durante os seus mandatos, cancelando a reeleição, quase não edita medidas provisórias, nem tenta evitar ou manipular CPIs, assim como desconhece as aloprações de pessoas muito próximas que se envolveram em escândalos, uns até hoje ainda não devidamente esclarecidos e outros razoalvemente claros continuam sem punição.
Por outra, se cada um vier a se transformar em Tiradentes, haja vista a reação contrária do presidente da República, das declarações do presidente do PT e afiliados, e da ação da militância, em especial na Internet, faltarão forcas e cavalos para o posterior esquartejamento. Já os traidores, reais e imaginários, pululam... ooopss...]

Nenhum comentário: