Você pode denunciar crimes de PRECONCEITO RELIGIOSO no Rio de Janeiro

Você sofre agressão, perseguição, coação ou qualquer ameaça por motivo religioso?

Denuncie através do site http://www.policiacivil.rj.gov.br na aba "DENÚNCIA"

Não é preciso se identificar!

A Constituição da República Federativa do Brasil determina, em seu Art. 5º, inciso VI: "É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias"

Seja Cidadão, defendendo seus direitos! Denuncie crimes de preconceito religioso!

Você também é uma vítima da CORRUPÇÃO!
Lembre-se disso nas próximas eleições...

10 março 2007

Pequeno Anedotário da Academia Brasileira(*) – 6

“O Exemplo do Sapateiro

Quando a Polícia apreendeu tôda a edição de A Ilusão Americana, livro em que Eduardo Prado sustenta a doutrina de que o Brasil deve ser livre e autônomo perante o estrangeiro, um jornal de São Paulo procurou ouvir o escritor sobre aquêle atentado à liberdade de expressão em nosso país.

Prontamente, e com bom humor, Eduardo Prado contou ao repórter, a título de apólogo, um episódio de sua infância:

- Na minha infância – disse ele – havia na Rua de São Bento um sapateiro que tinha uma tabuleta onde figurava, pintado, um leão que, raivoso, metia o dente numa bota. Por baixo, lia-se: “Rasgar pode – descoser, não”.

E aplicando o conto à proibição do livro:

- Proibir, podem; responder, não...

(*) Josué Montello, Livraria Martins Ed., São Paulo, 1961

Comentário do Velhinho: Muito atual, por sinal...

Nenhum comentário: